Nunca faltaram detratores para a Franco-Maçonaria. Entre os perseguidores da Ordem, incluíam-se a Igreja Católica Romana, o Partido Comunista e os nazistas. Ela foi denunciada por papas, reis e por aqueles que se sentiram ameaçados pela reputação de segredo da Fraternidade. Por ter um longo histórico de não responder a críticas, a Franco-Maçonaria constitui um alvo perfeito para a intolerância. Em A Senda de um Peregrino, John J. Robinson relata a história dos ataques contra a Instituição e os motivos subjacentes. Ao fazê-lo, discute as origens da Franco-Maçonaria, seus princípios e seus objetivos. Também discorre a respeito dos evangélicos antimaçônicos que buscam destruir a Franco-Maçonaria. Este livro é resultado de um intenso trabalho de pesquisas do autor, que se estende por mais de dez anos de investigação, pois, na verdade, existem poucos registros sobre a Maçonaria antiga e tradicional antes de 1717. Isso tem dado margem à especulação e à imaginação de muitas pessoas. Por isso, o autor dedicou-se à busca de informações relevantes que pudessem esclarecer as dúvidas mais freqüentes a respeito da história da Franco-Maçonaria. Aos leitores não-maçons, esta obra oferecerá novas perspectivas sobre a maior e a mais antiga Fraternidade do mundo.

 

Autor(es) John J. Robinson
Paginas 224
Tamanho 16 x 23

SENDA DE UM PEREGRINO

REF: VMLV-083
R$ 30,00Preço
  • O prazo para entrega dos produtos varia de acordo com região de entrega, volume, peso do pedido e empresa escolhida pelo cliente.