Nesta obra, Rizzardo da Camino discorre a respeito da “Cadeia de União” que se forma em um Templo maçônico durante suas sessões. Para o autor, essa liturgia não simboliza a união fraternal; ela é a própria fraternidade, em uma demonstração físico-mental. Também é símbolo quando representada por uma corda de anéis de metal, mas deixará de sê-lo em execução para se transformar em uma perfeita aliança. Cada maçom é um “elo” da “Cadeia de União”, não apenas de sua Loja, mas de todas as “Cadeias de União” existentes na Terra. E se cadeia representa uma prisão, pode-se dizer que os maçons se encontram “presos” a seus Irmãos de Loja, na solidariedade do bem comum e do crescimento espiritual. É uma prisão mística. O autor explica que a “Cadeia de União” abrange os seres humanos e os exclusivamente espirituais, se assim puderem ser classificados as próprias Hostes Celestes e os espíritos daqueles que desencarnaram. O maçom ligado a essa “Cadeia” não é absorvido e diluído, mas unido pela soma das forças físicas e mentais, existindo individualmente no todo. Isso é um efeito metafísico. Saiba mais sobre a formação dessa “Cadeia de União”, lendo as páginas deste livro.

 

Autor(es) Rizzardo Da Camino
Paginas 168
Tamanho 14x21

CADEIA DE UNIÃO E SEUS ELOS

SKU: VMLV-129
R$ 30,00Preço
  • O prazo para entrega dos produtos varia de acordo com região de entrega, volume, peso do pedido e empresa escolhida pelo cliente.